Feito é melhor que perfeito (mas não é desculpa para ser mal feito)

Ontem eu repostei o vídeo "Síndrome do Não Estou Preparada" no Facebook (você pode assistir ao vídeo mais abaixo, neste mesmo post) para relembra-las de como o ego nos faz mergulhar numa ilusão de perfeição inexistente, nos impedindo de manifestar a Luz que estamos destinadas a manifestar. 

 

Nunca está bom o suficiente, sempre dá para estudar mais um pouquinho, sempre dá para aparar mais uma aresta... e quer saber? Sempre dá mesmo! Mas essa não é a questão. 

 

A questão é que nada se aperfeiçoa sem a prática. Todos que você vê agora fazendo algo com maestria e excelência começaram, um dia, fazendo de uma forma bem amadora, até mesmo precária.

 

Lembro de quando comecei a fazer vídeos pro YouTube, há uns 9 anos: maquininha bem simples de fotografia que filmava, um monte de caixas e livros de tripé, luz de um abajur bem duvidoso que tinha em casa. Eram vídeo de maquiagem sem câmera boa e sem iluminação. E saiu, e ia! E eu recebia inúmeras mensagens de pessoas agradecendo e se conectando. E ontem mesmo, depois de repostar o vídeo, recebi a mensagem de uma pessoa que me reconheceu daqueles vídeos antigos e disse que via os poucos vídeos que tinham na época, e os meus eram alguns desses poucos. Que lá atrás se inspirou na maquiagem e que agora se inspira na espiritualidade, com esses vídeos "longe da perfeição". Eu fiquei pensando que ela ainda se lembra dos vídeos antigos! Lembra até de um vídeo que ensinava a fazer côncavo em olho pequeno! Imagina! Minha sensação foi a de uma Alma Amiga cuja essa partilha maximizada pela internet me permitiu reencontrar. 


Agora, se eu tivesse esperado a câmera certa, a iluminação certa, o microfone certo, eu nunca teria começado, porque o aprimorar veio com a prática e ainda está muito longe da perfeição. E quantas Almas não teriam deixado de ser trocadas se eh estivesse até hoje esperando uma perfeição que jamais chegará?

 

Também me inspiro muito nas minhas Musas que entraram para a minha vida ao participarem do Programa Soul Musa e que utilizaram o que aprenderam no curso para tirar projetos do papel e os trazerem para o mundo. É cada história de superação e de manifestação que me enchem de orgulho e inspiração. No fim da contas, é isso que a Musa é: aquela que inspira a si mesma, àqueles à sua volta e ao mundo. E ela não espera “a hora certa que nunca chega”, ela começa agora, porque sabe que na sua essência contém toda a Luz do mundo. 

 

Mas não se engane: eu não acredito em perfeição. Eu tenho certeza da perfeição! Não a do ego, no entanto, mas sim a da Alma: tudo e todos são perfeitos pro trabalho que vieram desenvolver. As ferramentas das quais eu e você dispomos são perfeitas para o que precisamos fazer agora. E a perfeição máxima é aquela alcançada pelo Amor da Alma. Faça com Amor, faça com a intenção de servir. E saiba que tudo que você não tem é porque não precisa agora para começar. Porém isso não é desculpa para fazer mal feito: faça com afinco, com paixão e dedicação. Não é porque não é perfeito que você não fará o seu melhor. 

 

E lembre-se: Todo mestre um dia foi um aprendiz, todo profissional um dia foi um amador.

Com Amor,

Rachel Newman

 

Inscreva-se na Lista VIP para receber Inspiração gratuita direto no seu e-mail.

Increva-se
Close

Inscreva-se na Lista VIP